Você conhece os benefícios de criar um planograma para o seu supermercado?

Para iniciar esse assunto, precisamos fixar em nossos pensamentos como gestores que os supermercados devem girar em torno de duas grandes vertentes: Experiência de compras vivenciada pelo cliente e estratégias que aumentem o faturamento do supermercado.

Essas duas engrenagens se complementam e dependem uma da outra para fazer a operação rodar de forma lucrativa.


Você já ouviu falar em planograma?


Neste artigo vamos entender o que é um planograma, quais os fatores devem ser considerados para sua elaboração e como a sua utilização pode refletir nos resultados do seu negócio. Vamos nessa?

O planograma é uma ferramenta gerencial usada para representar de forma gráfica a disposição dos itens nas prateleiras dentro do layout do seu supermercado. Cuidado para não confundir planograma e layout!


Para que não surjam dúvidas, vamos diferenciar e conceituar o layout como sendo a estrutura dos seu supermercado, o layout é a forma como os seus corredores, check-outs, açougue, padaria e etc estão dispostos dentro do seu espaço.


Observe a imagem de um planograma:



Cada item disposto na gôndola tem uma razão estratégica para estar na posição sugerida. O planograma serve para instruir os colaboradores que atuam diretamente no PDV na organização das prateleiras para que os produtos se "vendam sozinhos".


Para elaboração do planograma devemos considerar alguns fatores, entre os mais importantes, estão:

Rentabilidade dos pontos: Os produtos que têm uma margem maior, devem receber destaque na organização. Esses produtos devem ser de fácil alcance para que os clientes comprem mais.


Novidade: Produtos novos no mercado devem ganhar posição de destaque por no mínimo 45 dias. Se esse produto estiver no canto inferior da glândula dificilmente será percebido e a probabilidade de ser descontinuado aumentará.


Fluxo de loja: Induza o seu cliente a caminhar mais pela loja. Coloque os produtos mais vendidos no final das sessões .Quanto mais esse cliente andar, as chances de comprar mais itens do que o planejado também aumentará.


Perfil dos clientes: Faça uma análise do tipo de público que frequenta o seu supermercado. Ofereça produtos de marcas que cabem no orçamento do perfil do cliente que você percebeu após essa análise. Faça com que ele se sinta confortável em sua visita ao supermercado.


Negociação com a indústria: Esse é um ótimo momento para colocar o trade marketing em ação. Negocie seus melhores espaços com a indústria por períodos pré-determinados, peça preços mais atrativos para que você aumente suas margens e em troca ofereça a visibilidade do seu produto.



Trabalhando corretamente o seu espaço você conseguirá fazer com que seus produtos estejam mais acessíveis aos clientes, principalmente quando tratamos de compras por impulso. Utilize o planograma e permita que suas gôndolas funcione como "atendentes". Produtos expostos corretamentes e precificados de maneira atrativa não param nas gôndolas. Ponha essa ferramenta em prática e começa a aumentar ainda mais a sua lucratividade.

20 visualizações0 comentário